Prorrogação do auxílio emergencial: 4 e 5 PARCELA. Saiba os valores e demais informações

Compartilhe:

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp

Olá pessoal tudo bem, como vocês sabem o auxílio emergencial foi determinado pela lei 13.982 três parcelas de R$60, para mãe chefe de família solteira ou mães adolescente, será três parcelas de R$ 1.200,00.

Pois bem, o governo federal anunciou agora segundo as informações que bateu o martelo, que o valor da prorrogação está estabelecido em R$ 300 ou seja o governo federal por meio do ministro Paulo Guedes Ministro da Economia vai mandar o projeto de lei prorrogando auxílio emergencial o mais dois meses e o valor será de R$300 e R$300 reais, já a mãe solteira Se não seguirmos a lógica da Lei atual, a mãe deverá receber R$600 e R$600 duas cotas e as outras pessoas que não recebem duas cotas será mais 300 e 300 por 2 meses.

Segundo informações de Brasília o governo federal já estabeleceu desta forma e vai mandar esse projeto para o Congresso Nacional para aprovar a prorrogação do auxílio emergencial nesses termos, no entanto para você tenha direito auxílio emergencial você tem que preencher alguns requisitos.

WhatsApp com mais vagas

O auxílio emergencial é para o trabalhador informal para o desempregado e para o microempreendedor individual, cuja renda total da família ele não ultrapasse 3 salários mínimos R$ 3135 ou por cabeça não ultrapasse o valor de meio salário mínimo. Além disso você não pode ter trabalho formal, carteira assinada, não pode receber o seguro-desemprego, e não pode receber nenhum tipo de benefício Previdenciário como por exemplo aposentadoria, pensão por morte, LOAS ou BPC que é um benefício de assistência social, enfim você preenchendo os requisitos você então terá direito de receber o auxílio emergencial e consecutivamente mantido esses mesmos requisitos com a prorrogação você também terá direito e acesso a quarta parcela e a quinta parcela se a situação se configurar de fato da forma como está sendo dito pelo Governo Federal.

Possivelmente o Congresso Nacional tente aumentar isso, o presidente juntamente com Paulo Guedes jogou ali no valor de R$ 300, Pode ser que o Congresso chegar no valor de R$400, R$500 o valor do auxílio emergencial. Pelo menos esse tipo de debate vai haver sim ali na Câmara de Deputados Federais e vai haver também no senado federal e então será estabelecido um valor X.

Passado o projeto de lei na Câmara de Deputados Federais no senado federal Vai para Presidente da República, se por um acaso o Congresso Nacional por exemplo aumentar esse valor para R$ 500 o Presidente da República Pública pode manter esse valor, ou ele pode vetar, se ele vetar volta para o Congresso Nacional para analisar o veto, onde pode ou não manter o veto, todo esse trâmite legislativo você pode acompanhar aqui no nosso site.

Bem, a última informação que tivemos de Brasília é que o governo federal bateu o martelo em R$ 300 a prorrogação do auxílio emergencial. E será por mais dois meses.

Compartilhe:

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Publicidade

VAGAS NO WHATSAPP

VAGAS NO FACEBOOK